Gramática

Plural Form – Conheça os plurais em inglês

Vamos falar hoje de um assunto bem básico, porém, ficamos perdidos se não soubermos um pouco sobre eles.
Estou falando dos plurais em inglês ou o plural of nouns (plural form), que apesar de fáceis podem fazer bastante confusão na cabeça de quem está estudando estes detalhes.

Bom, basicamente a regra geral é acrescentar o -s:
Ex.:
table / tables
kiss / kisses

Mas, como sabemos que toda gramática tem suas regras, esta parte também tem. Vejamos.
Em palavras terminadas em –s, -sh, -ch, -ss, -x e –z acrescentamos –es ao final da palavra.
Exs.:
match / matches
ash / ashes
glass / glasses
box / boxes
bus / buses
mass / masses
buz / buzesContinue a ler »Plural Form – Conheça os plurais em inglês

Modal Verbs – Verbos Modais, para que servem?

Usados para dar um significado específico para o verbo principal, os verbos modais ou modal verbs, como são chamados em inglês, têm características próprias. Tais como:

  • Não precisam de um verbo auxiliar, mesmo nas formas negativas e interrogativas, pois seu papel na frase já é de um verbo auxiliar.
  • São sempre utilizados na forma infinitiva som o TO.
  • Sempre vêm antes do verbo principal, que por sua vez também vem na forma infinitiva sem o TO.
  • Têm a mesma forma para todas as pessoas, não se flexionando a regra de mudar o verbo nas terceiras pessoas do singular.
  • Não tem nem passado e nem futuro (com exceção do CAN que possui passado e condicional).

Esses verbos modais ocorrem com muita frequência na língua inglesa, por isso exigem um pouco mais de cautela e tempo ao serem estudados.
Para simplificar um pouco mais a forma de estudo, vamos ver cada verbo separadamente e seu devido uso.Continue a ler »Modal Verbs – Verbos Modais, para que servem?

Artigo definido THE – Saiba onde e como usar

Primeiro, vamos saber o que é artigo.
Artigo é a classe  de palavras que se antepõe ao substantivo para definir, limitar ou modificar seu uso.

O artigo definido THE é usado antes de um substantivo, como vimos na definição de um artigo descrito acima. Porém, o substantivo que o artigo THE antepõe já tem que ser conhecido pelo ouvinte ou leitor, isso significa que o substantivo já foi mencionado anteriormente.
Em inglês, o artigo THE é invariável em gênero e número, ou seja,  não tem uma forma para masculino e outra feminino, assim como não tem uma forma para plural e outra para singular.
Este artigo pode ser traduzido por O(S), A(S). Porém, como foi dito acima, se eu quiser dizer “os” em inglês, vamos dizer “the” igualmente como dizemos “o”, e não optamos por usar “thes” como já foi visto por ai. Esta forma não existe. Cuidado!

Vamos agora estudar onde usá-lo.
Seu uso se dá em frases com substantivos únicos em sua espécie, como o Sol, por exemplo. Veja a aplicação em uma frase.
Ex.: I love the moon.
(Eu amo a lua).Continue a ler »Artigo definido THE – Saiba onde e como usar

Saiba o que é Question Tag

As “questions tags” são pequenas frases acrescentadas no final da frase com a intenção de se obter uma confirmação do que já foi perguntado anteriormente.
Seria a mesma coisa que crianças costumam dizer para os pais na hora de “pedir” ou lembrar alguma coisa. Afinal, quem nunca disse: “Amanhã nós vamos tomar sorvete, não vamos?”
Então, este pequeno trecho – não vamos?  – em inglês é que é chamado de question tag.
Atenção:
Em questions tags negativas, usa-se frases afirmativas.
Em questions tags afirmativas, usa-se frases negativas.

Estas frases usadas antes das questions tags são chamadas de declarações.
A declaração pode estar em qualquer tempo verbal e pode estar flexionada em presente, passado ou futuro.
A formação das questions tags são baseadas nas declarações. Se a declaração estiver no passado, a sua questions deve estar com o auxiliar no passado também.
Ex.: He arrived on time, didn’t he? (pessoa gramatical da declaração concordando com a pessoa gramatical da question tag, verbo da declaração no passado e auxiliar da question tag também o passado)Continue a ler »Saiba o que é Question Tag

Presente Perfect Continuous

O Present Perfect Continuous indica uma ação que começa no passado e tem continuidade no presente. Para se especificar; descreve ações que se iniciou em algum tempo e continua até o determinado momento.
Ex.: We have been studying English for hours.
(Nós estamos estudando inglês por horas)

A diferença entre o Present Perfect Tense e o Present Perfect Continuous, que estamos vendo agora, é pequena. Muitas vezes podemos trocar um pelo outro, sem alterar o sentido da frase, desde que o intuito seja mostrar uma ação que começou no passado e continua no presente.
A formação do Present Perfect Continuous se dá através do verbo HAVE + been (verbo to be no past participle) + verbo principal acompanhado de ing.

*Para rever a regra do uso do –ing, confira o post Present Continuous Tense

Compare estas duas frases:
It has rained hard since last night – (Tem chovido muito desde ontem à noite)

I has been raining hard since last night – (Está covendo muito desde ontem à noite)Continue a ler »Presente Perfect Continuous

Futuro com to be going to

O futuro representado por “going to” expressa um futuro certo, aquele que foi planejado e se tem certeza que vai acontecer. Chamamos de Futuro Imediato.
Ele sempre deve ser usado quando o sujeito da frase expressa certeza de que algo no futuro vai se cumprir.
Ex.:  He is going to the movies tonight.
(Ele vai ao cinema essa noite).

Sua formação gramatical se dá através do sujeito da frase + verbo to be + going to + verbo principal, como podemos observar no exemplo acima.

Para negar o futuro com going to, basta acrescentar “not” depois do verbo to be.
Ex.: I am not going to study Spanish.
(Eu não vou estudar Espanhol).

E para interrogar uma frase com o futuro imediato (going to), basta fazer a inversão do verbo to be com o sujeito.
Ex.: Is Jim going to stay at home next Saturday?
(Jim vai ficar em casa no próximo sábado?)

Atenção:Continue a ler »Futuro com to be going to