halloween

Halloween ou Dia das Bruxas?

halloween2

Mas afinal, Halloween ou Dia das Bruxas?
Halloween nos Estados Unidos, Dia das Bruxas no Brasil.

O QUE SIGNIFICA:
“Hallowed” é uma palavra do Inglês antigo que significa “santo”, e “e’en” também de origem inglesa significa “noite”, então o significado é “Noite Santa” ou “All Hallows Eve“, “Noite de Todos os Santos”.

AS FANTASIAS E OBJETOS:
O Halloween é uma data comemorativa celebrada todo dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos.
Esta celebração do Halloween começou a 2500 anos atrás pelo povo Celta. No dia 31 de Outubro, os Celtas comemoravam o fim do verão e o fim da terceira e última colheita do ano, pois esse dia também era marcado pelo fim de um ano e início de outro, ou seja, o ano novo dos Celtas era no dia 31 de Outubro. Então, nesse dia, os Celtas creditavam que pessoas que haviam morrido durante aquele ano retornavam à terra para habitar nos corpos dos que ficaram vivos, para então poderem permanecerem novamente vivos durante os próximo ano. Afim de se defenderem dos mortos, na noite de 31 de outubro, todos apagavam os fogos em suas casas, para torná-las frias e indesejáveis aos mortos e se vestiam com roupas fantasmagóricas. Ficavam andando pelas ruas fazendo barulhos acreditando amedrontar os mortos. Em suas casas apagadas, eram colocados objetos que simulavam o horror, como caveiras e pedaços de ossos. Daí surgiram as fantasias e objetos de decorações que vimos hoje em dia, o que hoje vestimos por diversão, antigamente os Celtas vestiam para a proteção de seus corpos.

ABÓBORAS, BRUXAS E VELAS:

As abóboras iluminadas do Halloween vem da lenda do Jack’o Lantern que surgiu a partir de um mito irlandês.
Jack era um alcoólatra  apelidado de “Jack Miserável”. Segundo a história, Jack Miserável era pertubado pelo Diabo em todo dia 31 de outubro. Mas, sendo fiel ao seu nome, Jack Miserável sempre dava volta no Diabo, seja prendendo ele numa carteira em forma de moeda ou numa árvore com o sinal da cruz que o impossibilitava de sair de lá. Cansado te ser atordoado, Jack fez um pacto com o Diabo, que também estava farto de tentar pegar a alma de Jack e sempre cair em sua artimanhas. Em sua última artimanha para driblar o Diabo, Jack o pediu que subisse em uma árvore e pegasse uma fruta, ao subir Jack com seu canivete fez o sinal da cruz no tronco da árvore, e disse que só retiraria o sinal se o Diabo o deixasse em paz por mais 10 anos.
O Diabo aceitou, e o pacto foi feito. Anos depois (não se sabe quantos exatamente), Jack morreu e como bom pecador, não foi aceito por Deus. Enviado para o inferno, o Diabo foi obrigado a cumprir seu trato de desistir de sua alma, lhe dando apenas uma brasa para iluminar seu caminho na escuridão. A partir daí, Jack ficou a vagar pela terra apenas com a brasa que o Diabo lhe deu, e para que durasse eternamente, Jack a colocou dentro de um nabo, que mais tarde veio a ser substituído por abóboras quando os imigrantes destes países trouxeram a tradição Jack O’Lantern com eles para os Estados Unidos. Eles logo descobriram que as abóboras, uma fruta nativa da América, era ótima para fazer as lanternas.

Já as bruxas, segundo várias lendas, as bruxas se reuniam duas vezes por ano, durante a mudança das estações: no dia 30 de abril e no dia 31 de outubro.
Chegando em vassouras voadoras, as bruxas participavam de uma festa chefiada pelo próprio Diabo.
Elas jogavam maldições e feitiços em qualquer pessoa, transformavam-se em várias coisas e causavam todo tipo de transtorno.
Diz-se também que para encontrar uma bruxa era preciso colocar suas roupas do avesso e andar de costas durante a noite de Halloween.
A crença em bruxas chegou aos Estados Unidos com os primeiros colonizadores. Lá, elas se espalharam e misturaram-se com as histórias de bruxas contadas pelos índios norte-americanos e, mais tarde, com as crenças na magia negra trazidas pelos escravos africanos.

DOCE OU TRAVESSURA?:

Acreditava-se na cultura celta que para se apaziguar espíritos malignos, era necessário deixar comida para eles. Esta prática foi transformada com o tempo e os mendigos passaram a pedir comida em troca de orações por membros mortos da família. Também neste contexto, havia na Irlanda a tradição, que um homem conduzia uma procissão para angariar oferendas de agricultores, a fim de que suas colheitas não fossem amaldiçoadas por demônios. Uma espécie de chantagem, que daí deu origem ao ” doces ou travessuras”, que em inglês equivale ao “trick or treat'”.

AS CORES:

Ao falar de Dia das Bruxas, todos imaginamos três cores, laranja, roxo e preto.
Cada cor tem um significado para o Halloween.
Laranja: Cor da vitalidade e da energia que gera força. Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para o Ano Novo, acreditavam que os espíritos se aproximavam dos que estavam de laranja para lhe sugar as energias.

Roxo: Cor da magia ritualística. Simboliza a magia presente em toda a comemoração de halloween.

Preto:

Cor sacerdotal das vestes de muitos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes em geral. Chamada de
“Cor do Mestre”. Cor usada para representar a escuridão, onde almas permaneciam a espera de orações.

HELLOWEEN NO BRASIL:

No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.
É comum as pessoas festejarem em boates que fazem a noite do Halloween, com decorações típicas exigindo um traje típico da festa de Halloween.

HALLOWEEN NOS EUA:

“O Halloween aqui nos EUA é uma tradição que é levada muito a sério pela grande maioria da população, mesmo entre os que se consideram cristãos. É super comum ver famílias inteiras indo às compras para participarem de festas à fantasia, fazer a tão conhecida caminhada noturna batendo de porta em porta dizendo o bordão: ‘Trick or Treat’ que foi traduzido livre para o português como: ‘gostosuras ou travessuras’.
Quem não tem crianças em casa e não participa saindo nas ruas participa apenas colocando vasilhas cheias de balas, doces, guloseimas etc.. na porta de casa”, diz Alex Souza, brasileiro que vive na Flórida, Estados Unidos.

Dono do canal America UncutEUA como ele é, de verdade! – Alex diz que os participantes dessas festas, alegam ser divertido, principalmente ao poderem se fantasiar de algo raro para brincar com amigos e assustar estranhos, e até quem sabe ficar conhecido por ter inovado e mostrado criatividade na fantasia e efeitos.
Alex também diz que algumas pessoas têm esta data como algo perigoso, devido ao número de crianças que some nesta época do ano, chegando a dizerem que elas são rapitadas e levadas para serem mortas em rituais satânicos. Porém, o governo nada diz a respeito desse “medo” e preocupação de algumas pessoas, pois como qualquer outro feriado, sendo religioso ou não, o Halloween gera muita renda para as industrias de comida, roupas, fantasias, jogos, filmes etc. Por esse motivo, o feriado não estaria nem perto de ser banido.
Alex ainda destaca que esse clima de Halloween chega até as grandes empresas que entram no clima da decoração.
“É muito comum as lojas e mesmo grande empresas se decorarem todas para esta data, seus escritórios, salões, recepções etc.. se enfeitam para atrair e divertir os que gostam de brincar de mortos vivos e se vestirem à caráter nessa data um tanto controversa”, conta Alex.
E assim é o Halloween nos EUA, e ninguém melhor do que uma pessoa que vive lá para nos contar.

Vanessa

Autor Vanessa Dias

3 comentário(s) para “Halloween ou Dia das Bruxas?

  1. Olá amiga Vanessa! Muito boa a sua matéria! Muito explicativa e rica em detalhes! Obrigado pela oportunidade e espero ter ajudado de alguma forma. Se precisar de qualquer outra coisa, pode chamar! Abraço!
    Alex Souza,
    América Uncut©

  2. Pingback: Mania de Inglês América Uncut - Os EUA como ele é, de verdade! - Mania de Inglês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *